[ editar artigo]

A importância de fazer acontecer

A importância de fazer acontecer

Me chamo Vanessa Maritza , tenho 31 anos e no ano passado participei da turma 24, do Lean in Circle Empreendedorismo Rosa Brasil - Turma Flor&Ser,  com a Lênia Luz, fundadora do Empreendedorismo Rosa

Tive a oportunidade de conhecer mulheres incríveis que assim como eu precisavam se reencontrar e ver que dentro delas mesmas há tudo o que elas precisam. 
Porém, para que seus sonhos saiam do papel é preciso sair do lugar, mover-se, colocar a mão na massa e sair da zona de conforto. 

Sou fotógrafa de famílias, sei o quanto meu trabalho tem valor e não apenas pelo produto que ofereço, mas também por estar do outro lado com a minha família e saber o quanto as memórias são importantes para as futuras gerações, mas também para a nossa. Mas parece que depois de um tempo acabamos esquecendo das coisas mais importantes que temos e do quanto conquistamos tanto em pouco tempo. Somos engolidos por dias com horas vorazes e que insistem em passar em um piscar de olhos.

E porque eu falo isso? Porque me boicotei. Estava sempre querendo mais, mas me segurava acreditando que "não daria conta", "não era a hora" e que "não tinha tempo". Afinal, tenho duas filhas, marido, casa, trabalho. Porém, descobri neste programa de liderança e empoderamento, que na verdade essa era a síndrome do impostor ganhando forças na minha preguiça de sair da zona de conforto. Cansei!!! 
Decidi então que por fim iria colocar em prática as minhas estratégias e "meter a cara" nas oportunidades que aparecessem. Bora buscar minhas metas e fazer acontecer. Uma delas era ter mais oportunidade dentro da fotografia de nascimentos.  

O mais louco é que quando colocamos algo na cabeça e começamos a vibrar para o universo ele também conspira a favor sim. E, foi graças a este círculo de mulheres que conheci a Elisabeth Favaretto, a ponte para eu conhecer a Caroline Ansak, fotógrafa e idealizadora de um projeto lindo juntamente com a Marina Ferraresi Freiberger, o Coletivo Cordão de Luz - fotógrafas de nascimento. 
Foi em uma madrugada que eu vi a marcação da Elisabeth em um post no facebook da Caroline. Nele a Carol buscava fotógrafas experientes ou não na fotografia de nascimento. Falei com ela e mandei meu portfólio. Mas, novamente, a síndrome do impostor veio e eu pensei:" Muitas fotógrafas maravilhosas por aí e eu me candidatando. Pra que?"  Mas, mesmo assim decidi mandar e ver o que dava . Em outra madrugada, soube que ingressaria neste time de fotógrafas que buscam deixar a fotografia de um dos momentos mais importantes de uma família em algo mais acessível e democrático.

Hoje tenho acesso a duas maternidades para fotografar nascimentos: A maternidade Santa Brígida e o Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Fátima.

Mas com o Cordão de Luz a ideia é em pouco tempo conseguirmos atender em mais maternidades, e desta forma, mais fotógrafas ingressarem e conquistarem seus espaços.

Sou grata ao programa, através da facilitação da Lênia, por ter me dado a coragem de confiar mais em mim e em meu potencial, por ter criado as condições ideias para conhecer pessoas chaves como a Elisabeth e a Caroline. Participar de um projeto que já traz em seu nome algo tão cheio de significado é realmente emocionante.

Tenho certeza que conquistarei muito mais.

Meu muito obrigada e meu incentivo para que você faça parte deste programa, investindo seu tempo e dinheiro, em algo que faça a diferença na sua vida, como fez na minha.

https://instagram.com/coletivocordaodeluz 

https://instagram.com/vanessamaritzafotografia

www.vanessamaritzafotografia.com.br

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você