[ editar artigo]

As armadilhas da Seleção

Formar uma boa equipe é um desafio para a maioria dos gestores em um processo que se inicia pela atração bem estruturada de profissionais em canais adequados; feito isso, chega o tão instigante momento das entrevistas, que gera nos envolvidos uma sensação de desconforto e insegurança.

Fonte da imagem: blogdosindiclube.wordpress.com

Para ajudar as leitoras do Empreendedorismo Rosa que atuam no recrutamento, listo agora alguns pontos importantes para se atentar durante o encontro com os candidatos:

1. Ter uma ferramenta de avaliação de perfil eficiente, cuja metodologia seja de fácil aplicação e interpretação – um dos principais fatores da não permanência do colaborador no quadro se dá pelo fato de seu perfil não estar alinhado às necessidades da função que ele deveria exercer – DICA: Uma metodologia interessante é o Teste de Preferência Cerebral utilizado pelo Coaching;

2. Ser muito transparente na apresentação das expectativas da empresa em relação ao papel desempenhado pelo profissional que exercerá tal função;

3. Ser muitíssimo honesto na oferta da remuneração, dos benefícios e das possibilidades de crescimento;

4. Ter uma lista de perguntas focadas nas vivências passadas do candidato, a fim de conhecer como esse profissional costuma agir e reagir em diversas situações para avaliar o processo de evolução e mesmo a veracidade das respostas, afinal, se o candidato hesita ou gagueja muito para contar uma história de sucesso, é bom estar atento. Muitos profissionais cometem o erro de fazer várias perguntas hipotéticas como “O que você faria se fosse contratado?”, o que pode causar uma ideia errônea sobre o candidato, já que ele tenderá a fazer belas promessas para impressionar. Seguem alguns exemplos de questionamentos que podem ser feitos: Conte-me uma situação em que você precisou convencer alguém de algo; Conte-me seu principal ponto forte juntamente com uma situação em que você utilizou essa característica (você pode fazer o mesmo para um ponto fraco).

5. A aplicação de dinâmicas deve ter um objetivo específico para projetar como a pessoa agiria em situações parecidas.

6. Cuidado com o Impacto da primeira impressão – Nós mulheres costumamos ter a reação de gostar ou não de uma pessoa logo nos primeiros momentos por conta de algo que ela representa, como por exemplo, o fato de ser da mesma cidade que nós. É importante que como entrevistadora você se conheça, saiba o que costuma causar em você uma impressão positiva ou negativa para confrontar esse sentimento; no caso de ter sentido uma má impressão, anote a sensação que você teve – ex: parece que o candidato não tem senso de humor – e avalie se isso realmente pesa para o perfil da vaga.

7. Cuidado para não buscar o tempo todo pessoas parecidas com você, cada função tem necessidades e perfis diferentes e uma equipe é formada por habilidades que se complementam.

8. Tenha o CHA (Conhecimentos, Habilidades e Atitudes) da função bem definido para observar se o candidato possui as características que você busca.

Para ajudar um pouco mais, buscamos informações em uma pesquisa realizada pela empresa Cia de Talentos em 2012 e listamos alguns pontos ressaltados por candidatos na busca por oportunidades:

A. Desejo por investimentos em capacitações individualizadas como Coaching, Mentoring e outros cursos ligados ao desenvolvimento de uma maneira geral;

B. Remuneração por meritocracia, ou seja, querem um salário compatível com seu esforço. Nesse sentido, uma Consultoria pode ajudar muito estabelecendo métricas para medir a performance e vincular ao salário , pois o  funcionário sente que está ganhando a partir da entrega que ele realiza;

C. Ter claro a oportunidade de desenvolvimento Profissional na empresa;

D. Saber que na execução das tarefas qualificadas para a vaga vai conseguir fazer o que gosta;

E. Estar em uma empresa que possui uma boa imagem no mercado;

F. Principalmente os mais jovens desejam vislumbrar desafios constantes;

G. Vislumbrar melhor qualidade de vida/salários e benefícios diferenciados;

Como a lista acima mostra, os candidatos esperam muito das empresas e por isso é muitíssimo importante que, principalmente na primeira oportunidade de contato, haja um claro alinhamento de expectativas. Isto irá economizar muito investimento para a empresa e muita saúde para o candidato.

Se precisar de apoio nesse processo, conte conosco!

Escrito por Allessandra Ferreira, Diretora Comercial do Great Group, empresa de Planejamento e Gestão Empresarial.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você