[ editar artigo]

Bem-Estar: mulheres, mães e empreendedoras

Por Claudia Pasquale

Toda mulher que “ vive” por uma família, sabe o peso  que é estar inserida em uma posição profissional de destaque, seja em qualquer área. Até mesmo a mãe, que dedica o seu tempo integralmente a ela (a família), vê o seu tempo passar muito rápido! E quando termina o dia pensa que deveria ter mais horas para terminar o que teinha de ser feito. A opção de Home Office é uma das grandes aliadas para quem busca a alternativa de participar do desenvolvimento dos filhos e trabalhar em casa. Com uma boa organização do tempo e do local apropriado para tal atividade, é possível desenvolver grandes projetos e concluir suas metas com sucesso. Para isso, exercícios para criar hábitos são importantes para a disciplina e satisfação nos negócios. Mas mesmo uma mulher, não sendo mãe, que esteja incluída nesse contexto “empreendedor”, almeja a felicidade e o reconhecimento. Certo? Hoje a qualidade de vida estimada por estudiosos é muito baixa. Consta que o stress é o grande vilão e, por consequência, novas doenças e distúrbios aparecem de todos os lados.

Fonte da imagem: Agência Bolacha

Sabemos que não conseguimos separar os corpos físico, mental, emocional, espiritual e energético, assim como separar nossas vidas de mulher, esposa, mãe e empreendedora. Somos uma unidade que trabalha com todas essas características a favor do nosso desenvolvimento tanto pessoal como profissional. Para muitas, esta tarefa tende a ser mais difícil, por causa das escolhas que decidimos seguir, geralmente o caminho do sucesso (ou ao que leve a ele). Acredito que todas as mulheres querem alcançar o êxito em suas vidas em qualquer área e, para isso, manter a saúde sempre em dia pode ser um desafio bem grande. Mas, como comentei, tudo está relacionado com a saúde das emoções, da mente, da percepção espiritual e energética e, por consequência, a física. Muitas mulheres se focam em “desenvolver” e se permitir vivenciar, umas mais do que outras. Por isso que bem-estar é diário! É cuidar-se! É estar alerta em seus sinais, em seus sonhos, em suas vontades e propósitos, nas atitudes e comportamentos. Esse reconhecimento pode ser auxiliado de várias maneiras, como a meditação, alguma atividade física: dança, passeios, amigos, alimentação consciente. Uma medida que está disponível e acessível é o uso de florais. Eles também auxiliam em processos específicos, por isso sempre é bom ter alguma fórmula de suporte ou mesmo, se souber o teu “tipo”, sempre levar na bolsa para alguma emergência e para manter a energia em ordem! Os florais são bons aliados para diferentes momentos, na verdade para toda hora você pode encontrar um auxiliar harmonizador para sentir-se bem! Essa medicina está disponível para todos e sem contraindicações, facilitando o acesso. Por exemplo, em situações de esgotamento, cansaço, sobrecarga em nível físico e mental, alguns florais são buscados como o Olive, Elm, Hornbean, e também para quem queira foco e determinação, o Clematis e Wild Oat contribuem para a concentração, plenitude e qualidade de presença. Baixa autoestima, falta de ânimo, incertezas e mais todas as emoções que às vezes não conseguimos identificar, e simplesmente chamam de depressão, com a ajuda dos florais eles podem levar até um entendimento maior e fluir o desenvolvimento do ser e assim proporcionar um estado de ânimo positivo nas adversidades da vida. Para quem tem muitas atividades e quer harmonizar as emoções, esse pode ser um caminho fácil de superação de desafios e limites. Estar receptivo para o estilo de vida saudável é reconhecer em pequenos detalhes o que pode mudar sua forma de pensar e agir.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você