[ editar artigo]

WE CAN DO IT: Feliz nosso dia!

Por Empreendedorismo Rosa

 

*A famosa imagem Rosie the Riveter (Rosie, a Rebitadeira) é um ícone cultural dos Estados Unidos da América, criado pelo artista gráfico J. Howard Miller a serviço da Westinghouse Company, para lançar a campanha We Can Do It! (Nós podemos fazer isso!) a fim de motivar as mulheres trabalhadoras enquanto a força operária masculina do país estava em combate na Segunda Guerra Mundial. Geraldine Hoff Doyle (1924 – 2010) foi a modelo estadunidense que inspirou a criação do cartaz durante o breve período em que trabalhou como operária em 1942.

 

Na época a imagem nada tinha a ver com o empoderamento feminino e era restringida à propaganda anti-greve da empresa Westinghouse. Somente a partir de 1980 o cartaz foi redescoberto e ganhou o nome Rosie the Riveter sendo usado para promover o feminismo, o poder econômico das mulheres e outros temas políticos. Já postei aqui sobre O macacão feminista de Rosie, que também tornou-se símbolo da luta como uma moda atemporal.

c5662270bde6c8f63f5fc46bc925c946

A diversidade de mulheres em prol do empoderamento feminino, luta feminista diária que sempre nos leva além, por isso a forte representatividade icônica da Rosie que pessoas do mundo todo reproduzem. Tatuagens icônicas, meigas, sexys e de caveira entre tantas opções de representar a resistência feminista, arte e ativismo na pele.

Você pode ser indígena que de repente desconhece o feminismo, pode ser ser uma branca ou negra atualizada, trabalhadora e independente sem tempo de pensar nisso, de ler sobre isso, mas o feminismo está sempre acontecendo e lutando pela liberdade de todas nós.

"Eles podem fazer isso” (também), cartoons para enfatizar que homens podem e devem fazer tudo que mulher faz, assim como mulheres há tempos comprovam que podem fazer tudo que homem faz. A questão casa e filhos, em família ninguém vive sozinho então todos devem compartilhar afazeres, e não “dar uma ajudinha”. Capacidade intelectual e habilidades técnicas ou sensíveis não são sexistas, separadas por gênero, a cultura machista que causa tal distorção no imaginário social. Todos são capazes quando há força de vontade e dedicação, isso serve para as mais simples tarefas até as mais árduas. * Luana Borges

Feliz dia da Mulher!

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você