[ editar artigo]

Como está sua estima empreendedora?

Por Dani Salles

Autoestima pode ser descrita como a confiança em suas próprias habilidades e valores, significa que você está feliz e satisfeita com suas escolhas e vontade para assumir novos desafios na vida, grandes ou pequenos.

Simples em definição, em muitos momentos nossa estima oscila e ficamos em baixa. Empreender e maternar é um desafio de agendas, na correria de mil atividades novas, muitas vezes não temos tempo suficiente para pensar, nem cuidar de nós mesmas. Em algum momento, paramos e nos sentimos perdidas, por onde começar? Como me sentir feliz com o trabalho?

Fonte: Google

Felicidade está relacionada ao significado que se atribui à própria vida. Ela é, por isso mesmo, muito mais profunda e tem forte ligação com viver de acordo com seu conjunto de valores e crenças. Não existe um modelo pronto, adotamos no coaching um investimento inicial no autoconhecimento, revisitamos crenças, atualizamos valores para uma vida mais serena.

É importante nesse momento, entender suas necessidades de comunicação e critérios de escolha, para a partir daí estar tranquila com seus novos valores e confiante na conquista de seus novos objetivos, por mais estranhos que pareçam aos olhos alheios. Depois do mergulho em si mesmo e das suas verdadeiras vontades, a conquista do prazer, seja ele momentâneo ou um estado de espírito mais estável e permanente, ainda depende de você fazer acontecer os seus desejos. Aí entrará a coragem, já que implicará em abrir mão do desejo de agradar aos outros ou de atender às expectativas deles.

Vejo relatos fantásticos em eventos de empreendedorismo feminino, muitas empreendedoras de sucesso arriscaram tudo o que tinham, venderam bens, não possuíam planos B, viveram suas novas realidades e a vontade de possuir maior flexibilidade para estar com os filhos era tão forte que confiaram 100% em suas capacidades de realização, compraram o risco. É assim que se assume o controle da própria vida, realizando!

“Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo. E aventurar-se no sentido mais elevado é precisamente tomar consciência de si próprio.” (Soren Kierkegaard)

E você está pronta para realizar em 2014?

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você