[ editar artigo]

De onde vêm as ideias?

Como toda colunista de primeira viagem, neste mês, tive um belo bloqueio criativo para iniciar a coluna. Sempre falo com muito entusiasmo sobre empreendedorismo, a importância das mulheres, casos, inspirações, influências, enfim, há muito o que explorar sobre o tema. Porém, não tinha jeito, não conseguia sair da folha em branco.

Fonte da imagem: Empreendedorismo Rosa

Quando me perguntam qual conselho daria para quem quer empreender, mas ainda não sabe com o que, sempre comento que temos uma percepção distorcida sobre o empreendedor. Pensamos que ele é o indivíduo que já nasceu criativo e fica sozinho refletindo até que, de repente, tem uma ideia brilhante para um novo negócio que atenderá a uma necessidade latente do mercado. O que aprendi com um professor, no curso de empreendedorismo em Boston - e assino embaixo com confiança - é que sozinho em um quarto ninguém terá ideia para negócio nenhum.

Se isso serve para o empreendedor, por que não para o escritor? Já que olhar para o computador não estava funcionando, tentei seguir meu próprio conselho e saí de casa em busca de novas ideias. Conversei com algumas amigas empreendedoras, falamos sobre seus negócios, dúvidas, planos para o futuro, e as ideias foram surgindo... Quem melhor do que seu público-alvo para apontar o que realmente é relevante, certo?

Quanto a mim, garanti temas para os próximos seis meses de nossa coluna. Já para os amigos que sonham em empreender, o conselho é que comecem pensando em quais são seus interesses, conhecimentos, experiências, para identificar áreas nas quais realmente gostariam de atuar. A partir daí, o raciocínio é o mesmo do ‘bloqueio criativo’: conversem com pessoas próximas, com pessoas não próximas, tentem identificar quais produtos ou serviços elas (e até vocês) sentem falta no dia a dia, saiam, viajem, observem os modelos de negócios existentes. Assim, poderão identificar necessidades reais de mercado, que são a base para novas ideias empreendedoras.

Bruna Villas Boas Diehl é formada em Comunicação Social pela ESPM-SP, pós-graduada em Administração Estratégica pela FIA-USP e atua na área de marketing de uma multinacional. Em 2012, lançou o livro Elas Empreendedoras, com ampla pesquisa sobre empreendedorismo feminino e 20 casos de empresárias brasileiras.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você