[ editar artigo]

De quem é a vida que você está vivendo?

Por Tatiana Teixeira

Alguma vez você já parou e se perguntou: “De quem é a vida que estou vivendo?”. Diante de um universo tão agitado a falta de tempo não nos permite um encontro íntimo e diário com nosso eu-interior. Ao longo de nossa caminhada, percebemos a importância de refletirmos, constantemente, sobre a realidade a qual estamos inseridas. Não existem respostas certas ou erradas. E encontrá-las nos permite reencontrar o nosso verdadeiro eu.

O autoconhecimento è a chave que abre muitas portas. E esta è uma das primeiras lições que aprendemos na imersão empreendedora que estou vivenciando no Chile. Durante os primeiros dias do Boot Camp, somos convidadas a refletir sobre: “Quem sou eu?”, Como cheguei até aqui?”, “De quem é a vida que estou vivendo?”, “O que está errado comigo?”, Quais são minhas verdadeiras paixões?”, “Quais são minhas habilidades?”.  Ao respondermos, com sinceridade a estas perguntas, percebemos que para alcançar o sucesso tão desejado é preciso ser honesta com nós mesmas e seguirmos rumo às conquistas.

Fonte da imagem: Compfight

A rotina intensa de atividades do Boot Camp não apenas nos auxilia a aplicar os conceitos do empreendedorismo em nossas próprias vidas, mas, também a compreender que nossa caminhada empreendedora não é diferente, pois tão necessário quanto pensar grande e fora da "caixinha" é tomar decisões que estejam alinhadas aos valores que dão sentindo à nossa vida. E que para enfrentar a realidade do universo empreendedor, seja de nossas vidas ou de nossos negócios, a cada novo dia, devemos estar preparadas para as muitas surpresas, positivas e/ou negativas, que nos esperam no longo do caminho.

O livro "Comece por você: adapte-se ao futuro, invista em você e transforme sua carreira", escrito pelos empreendedores Ben Casucha e Reid Hoffman, co-fundador e presidente do Linkedin, nos ajuda compreender que ser empreendedora é um modo diferente de ver o mundo. É enxergar oportunidades onde as demais vêem obstáculos, correr riscos quando a maioria se retrai.

Para persistir, insistir e resistir é essencial acreditar que, com dedicação e esforço, os resultados florescerão. Pois quando você está no controle, nada pode ser mais forte do que sua vontade de vencer. Afinal, o plantio é opcional, mas a colheita, obrigatória.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você