[ editar artigo]

Elas por Eles - Ricardo Bellino

O convidado de nossa coluna Elas por Eles de hoje é Ricardo Bellino, um grande empreendedor, que nos inspira com sua história de ousadia e muita determinação.

Com um texto, segundo ele mesmo, mais conceitual, Ricardo Bellino demonstra a sua total convicção do poder da mulher de gerar, não somente vida, mas empreender projetos extraordinários com sua liderança intuitiva.

Fonte da imagem: Arquivo pessoal

Empreender um novo projeto é como dar à luz um filho. Como é impossível gerar vida sozinha, primeiro você precisa eleger o parceiro correto, que transmita confiança. Alguém por quem você tenha admiração e respeito; alguém com quem, você acredite, vai passar o resto da sua vida ao lado. Além disso, você deve estar pronta para gerenciar os conflitos, os altos e baixos que, inevitavelmente, irão surgir no curso da sua criação.

Muitas das decisões importantes que temos que tomar, no dia a dia de nossos negócios, dependem da nossa capacidade de ouvirmos a nossa intuição. Ela nunca nos engana, somos nós que deixamos de ouvi-la. Indiscutivelmente, as mulheres estão muito mais predispostas a usar o seu sexto sentido e tem, potencialmente, uma inteligência emocional superior a dos homens.

Inclusive, segundo o meu pai "osmótico", Edro de Carvalho, um sábio homem de 87 anos, Deus é mulher. Leiam abaixo a transcrição do texto, extraído do livro "Feliz Dia de Hoje", de sua autoria, para o qual tive o prazer e privilégio de assinar o prefácio:

Um dia me questionei: os credos inventaram um Deus que gerou a vida. Pergunto-me se esse Deus é homem ou mulher. E com outra pergunta respondo. Qual deles gera a vida?

Para as religiões judaico-cristãs, Deus é homem. Algumas pessoas mais modernas podem até achar que Deus não tem sexo. Mas não foi esse o pensamento que prevaleceu ao longo dos séculos e dos milênios — e certamente não é o pensamento que prevalece hoje. A ideia de um Deus masculino, de preferência com longas barbas brancas, exalando uma viril masculinidade conforme Michelangelo o retratou nos afrescos da Capela Sistina, contribuiu para criar e perpetuar uma das maiores injustiças já cometidas pelo homem: o preconceito contra a mulher.

Um preconceito que já começa no mito da criação, quando o Deus masculino criou a mulher de uma das partes menos nobres de qualquer animal, a costela, que nada mais é do que osso e gordura. O casal é expulso do Paraíso? Culpa de quem? Claro, de Eva, coitada, até hoje invocada para lembrar ao sexo feminino sua culpa pelos males que afligem a humanidade. Exagero? Infelizmente não. Já no raiar do século XXI, um juiz brasileiro, ao julgar o caso de uma mulher agredida pelo companheiro, escreveu em sua sentença que a mulher tinha sua parcela de culpa, pois como “filha de Eva” que era, fizera por merecer a agressão. Acreditem isso realmente aconteceu. E continua acontecendo, sob a desculpa do estigma imposto à “cria” de Adão.

O curioso é que, muitos dos que invocam o chamado “pecado de Eva” para oprimir a mulher, convenientemente se esquecem que Jesus acolheu Madalena, admitiu diversas seguidoras do sexo feminino e também impediu que a adúltera fosse apedrejada ao convidar seus algozes a refletir sobre seus atos, convidando os que nunca tinham pecado a atirar a primeira pedra. Aqueles que insistem em subjugar e inferiorizar as mulheres estão cegos ao fato de que ela é a verdadeira fonte da vida. E, se para os religiosos, Deus é a fonte da vida, então Deus é mulher. O homem contribui com as sementes, mas sem o solo fértil do útero, sementes são tão inúteis quanto grãos de areia no que diz respeito à geração da vida. O mundo seria um lugar muito melhor se os homens percebessem que as verdadeiras deusas são suas esposas e mães.

E para concluir, com o crescimento das mulheres no comando das organizações empresariais, o mundo dos negócios esta deixando de ser uma selva e se tornando um jardim de rosas. Mas que não confundam a delicadeza das pétalas das rosas com fragilidade, pois os espinhos estarão sempre prontos para protegê-las.

Ricardo Bellino é Mentor & Entrepreneur in Chief School of Life Global Education. Aos 21 anos teve a ideia de trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês nem ter um tostão no bolso. Ele apostou nessa história mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo e teve muito sucesso, a ponto de se tornar amigo pessoal e uma espécie de filho adotivo de John Casablancas (dono da Elite). Bellino trouxe também para o país a campanha das camisetas do câncer de mama, colocando o famoso símbolo do alvo no peito de milhões de brasileiras. Depois, ainda criou a primeira modelo virtual, a Webbie Tookay, sucesso no mundo todo e estrela de uma campanha da Nokia. Aos 38 anos, o empresário encarou o seu maior desafio, vender uma ideia ao bilionário americano Donald Trump em uma reunião que deveria durar apenas 3 minutos. Autor dos livros: O Poder das Ideias, Sopa de Pedra, 3 Minutos para o Sucesso, Midas e Sadim e Escola da Vida, Bellino não para. Está sempre atrás de algo novo. No seu site, ele fala de seus projetos e dá dicas de como transformar uma ideia num empreendimento de sucesso e de como usá-la nas empresas.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você