[ editar artigo]

Eles cuidam das mulheres - Por Joyce Moysés

Nossa colunista Joyce Moysés esteve presente no Palácio dos Bandeirantes durante a entrega da Medalha Ruth Cardoso para grandes mulheres. Confiram seu relato:

Fonte das imagens: Divulgação

ELES CUIDAM DAS MULHERES

Foi uma cerimônia bonita e relativamente rápida (durou pouco mais de uma hora), com discursos breves. Mas os sete homenageados com a Medalha Ruth Cardoso, nesta noite de 4/3/2013, só tinham um assunto em comum: nós, mulheres.

A executiva Sonia Hess falou de seu projeto Geração de Renda e lembrou dos valores e da garra aprendida com a mãe. A ministra Eleonora Menicucci reafirmou que precisamos continuar combatendo todos os tipos de violência contra as mulheres e destacou a urgente batalha contra o tráfico de pessoas. O representante do Hospital Pérola Byington falou dos esforços mais recentes, incluindo o de facilitar a laqueadura para mulheres dependentes químicas que não desejem mais ter filhos. O governador Geraldo Alckmin destacou a determinação feminina e chamou atenção para o avanço da parceria com o Instituto Butantã para tornar realidade a vacina contra o vírus HPV. Doutora Albertina Duarte, que faz um trabalho brilhante como ginecologista e conseguiu reduzir os números de adolescentes grávidas, estava magra, muito elegante – e vários que pegaram o microfone a elogiaram. Falta eu citar, entre os homenageados, Adelia Privato (presidente do Centro Cultural e Assistencial Oficina das Meninas de Araraquara) e a senhora Orchidea Corciolli (presidente do São Paulo Woman`s Club).

Para exemplificar a garra das mulheres, o governador Geraldo Alckmin, que é médico anestesista de formação, contou (de novo, pois eu já conhecia) esta história: “Eu era prefeito da minha cidade natal e fui disfarçado anestesiar uma mulher para uma cesariana na Santa Casa. Era um sábado lá pela meia noite, uma hora da madrugada. Apliquei nas costas aquele tipo que anestesia da metade do corpo para baixo, da cicatriz umbilical para baixo, o que permite que a paciente fique acordada. Aí, quando já tinha nascido a criança, enquanto o obstetra terminava a cirurgia, e eu ali do lado, acompanhando pulso, pressão, quietinho na cabeceira, ela virou para mim e falou: ‘doutor e no bairro do Jardim Resende, quando é que o senhor vai colocar rede de esgoto?’ As mulheres cobram. As mulheres tem garra. Impressionante a capacidade feminina de fazer acontecer. Se fosse homem, estaria chorando...”  Palavra de governador!

Joyce Moisés

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você