[ editar artigo]

Empreendendo em 5...4...3...2...1!

Por Eduardo Senise

Em tempos de recessão econômica empreender pode não ser uma opção e sim a melhor alternativa para que algumas pessoas atinjam seus sonhos. Para tanto, é fundamental a busca por novos aprendizados e a coragem de executar tarefas com as quais você não estava muito familiarizada.

Compreender cada vez melhor as atividades relacionadas a Estratégia, Finanças, Operações, Recursos Humanos e Marketing são necessidades básicas para o seu sucesso.

Como estou sempre falando a respeito destes assuntos é comum que pessoas me digam: “Eu adoraria empreender, mas não sei exatamente em que ramo de negócios”. Se este é o seu caso, gostaria de compartilhar as cinco perguntas que faço ao meu interlocutor. Fique a vontade para respondê-las aqui ou apenas mentalmente.

Fonte da imagem: Trevisart


1 - Você tem algum problema que nenhum produto ou serviço que existe hoje solucione?
Se você tiver um projeto que solucione um problema seu, talvez isto possa ser replicado em escala e ajudar a solucionar problemas semelhantes de muitas outras pessoas.

2 - Você acredita que poderia fazer algo melhor ou diferente do que já existe no mercado?
Caso você possa fazer algo melhor, com uma relação custo x benefício superior, ou de modo mais especial para um grupo de pessoas, é provável que você tenha um público interessante para atender.

Se você respondeu “sim” a pelo menos uma das perguntas acima, muito bem. Provavelmente você já tem uma ideia do que gostaria de oferecer, mas antes de pensar em montar um Plano de Negócios eu sugiro que responda mais três perguntas:

3 - Eu sei fazer isso muito bem?
Não se preocupe se a resposta for “não”, se você ainda poder buscar cursos, informações ou comprar o know-how de alguém, oferecendo até mesmo um emprego ou participação na sua futura empresa.

4 - É isso que eu quero fazer?
Costumo dizer que empreender é assumir o compromisso de mudar um pedaço do mundo. Afinal, envolve muito mais do que dinheiro. Empreender é construir uma marca, envolve a reputação de um nome, a contratação de profissionais, o pagamento de impostos e a construção de uma sociedade melhor. Então certifique-se que você quer mesmo lidar com este negócio e esta responsabilidade antes de empreender.

5 - Pessoas me pagariam por isso?
Se a resposta foi negativa, seu desafio é aprender a monetizar esta atividade. E lembre-se, algumas das maiores empresas do mundo como o Google e o Facebook, funcionaram durante muito tempo sem gerar nenhuma receita, mas tornaram-se muito valiosas porque ofereciam às pessoas um serviço que era desejado por um enorme grupo de consumidores.

Tendo respondido não a uma ou mais dessas perguntas, você ainda pode buscar novas oportunidades, aperfeiçoar sua ideia, ou mesmo traçar um caminho mais seguro, como uma franquia.

E se você respondeu sim às cinco perguntas, mãos a obra! Comece a colocá-las em prática.

Afinal, empreender é uma ação que concilia planejamento e execução!

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você