[ editar artigo]

Empreendendo no mundo das letras

Por Mayra Corrêa e Castro

Vivemos um bom momento no Brasil da literatura escrita por mulheres (e vendida por elas mesmas). Prêmios, saraus e ebooks confirmam que dá para sonhar com ser escritora.

R$ 120.000,00 como premiação – foi a maior soma já paga a mulheres escritoras no Brasil. Em dezembro passado, Vanessa Bárbara (romance), Sônia Barros (poesia) e Adriana Griner (contos) formaram uma inédita trinca para receber o Prêmio Paraná de Literatura. Um dos mais prestigiados concursos literários do país, recebeu 650 inscrições de originais nas três categorias e trouxe para o círculo da alta literatura, aquela que tem prestígio entre acadêmicos, o vigor da escrita feminina, não apenas a publicada atualmente no Brasil, mas a que vem se mantendo em todo o mundo desde que J. K. Rowling ficou multimilionária com Harry Potter.

 

E se as autoras estrangeiras vendem livro adoidado, por aqui um grupo muito empreendedor de escritoras têm mostrado que, sim, dá para furar o bloqueio comercial das grandes editoras e redes de livrarias.

No mês passado, o blog Listas Literárias postou sobre brasileiras que estão vendendo super bem na Amazon.com.br. Elas escrevem, autopublicam o ebook, montam um wordpress, divulgam certinho o trabalho nas redes sociais e encabeçam o Top 100 da loja. Se você tem alguma dúvida, a Amazon está a um clique – e esta é a distância que as separa de seus leitores.

Já na editoração offline não tem sido diferente. Em Curitiba, o grupo ME – Meninas que Escrevem conta com 292 membros dentro do Facebook. Têm organizado saraus, exposições e vendas de livros em diversos locais da cidade; assim ganham visibilidade e vendem seus livros – autopublicados na maioria.

Andressa Barichello e Marcinha Girola, autoras curitibanas que investem em autopublicação.

 

Para esta nova safra de mulheres, a motivação é o sonho de escrever. Mas sabem que sonhos não movem montanhas – metas, sim; e a meta é ser lida. Se para cada cem likes em suas fan pages elas ganharem um leitor, já é um livro vendido; e que importa se, para cada cem leitores que fizerem gratuitamente o download de seus ebooks pela Amazon, apenas um deles de fato venha a pagar pelo próximo? Elas estarão realizando cem vezes o sonho de escrever.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você