[ editar artigo]

Entrevista - Fátima Rocha

Fátima Rocha, uma mulher pequena na estatura e gigante em suas ações. Formada em Ciências Contábeis e Direito, diretora executiva da MegaMatte e presidente da Seccional Rio de Janeiro da Associação Brasileira de Franchising.

Durante a Feira da ABF RIO, no ultimo mês de setembro, pude acompanhá-la e ver que ficar parada não é uma de suas características. Estava sempre visitando stands, franqueadores e consultorias, sorridente e atenta em escutar o que as pessoas tinham a dizer.

Fátima esteve no stand de minha empresa, Aurelio Luz Franchising & Varejo. Batemos um bom papo (só faltou mesmo um Chá “Matte” para nos sentirmos, literalmente, como que à mesa da sala de casa) e ela compartilhou um pouco de sua grande trajetória empreendedora.

Nós, do Empreendedorismo Rosa, agradecemos esta entrevista exclusiva para o nosso Blog.

Lênia Luz - Diretora de Comunicação do Empreendedorismo Rosa

Fonte da imagem: Empreendedorismo Rosa

Franquias com mulheres no comando faturam 34% mais, ao que você atribui isso?

Sem dúvida todo o sucesso está na Gestão do Negócio e na paixão por este empreendimento. Quando gerimos com paixão, nossos colaboradores se motivam.

Muitas mulheres desejam hoje expandir os seus empreendimentos e veem no modelo de franquia uma maior seguridade, qual a dica que você gostaria de dar a elas?

Através da expansão de seu empreendimento pelo modelo de franquias, você estará compartilhando seu sucesso. Portanto, procure realizar uma formatação correta, buscando profissionais especialistas no segmento do franchising e compartilhando seu sucesso de maneira estratégica e organizada.

Quais mulheres dentro do MUNDO das FRANQUIAS você tem como referência em comportamento empreendedor de sucesso?

Cristina Franco (Vice Presidente da ABF NACIONAL e fundadora da BIT Company), Jane Muniz (SPA das SOBRANCELHAS) e Ana Asti ( Brasil Social Chic).

Como é estar a frente da ABF RIO e quais os desafios que você tem enfrentado neste cargo de liderança ?

Crescer dói. Mas é a dor da realização, pois estou com uma equipe que busca o crescimento. Tenho um grande cansaço, afinal são várias ações e decisões a serem tomadas, mas também é um cansaço muito bom, pois é o cansaço da realização.

Diante deste cargo de liderança, você sente algum tipo de preconceito pelo fato de ser uma mulher?

Sem preconceito. O que sinto é que os homens prestam mais atenção ao que falamos, percebendo que de nossa fala sempre terão ideias inovadoras e precisas que eles podem usufruir de maneira positiva.

Nós mulheres somos muito emotivas e emocionais, às vezes a racionalidade masculina nos permite voltar aos trilhos e focar em nossas ações. Da mesma maneira, temperamos a vida dele com nossa emotividade.

Não apoio a competitividade homem x mulher, mas sim a complementaridade homem e mulher.

Deixe uma frase/dica que sirva de motivação para nossas leitoras empreendedoras.

Nunca desistam de seus sonhos, de suas verdades. Ouçam sua alma.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você