[ editar artigo]

Especial Dia da Mulher: Confira 4 desafios para mulheres empreendedoras

Especial Dia da Mulher: Confira 4 desafios para mulheres empreendedoras

Luzia Costa, fundadora da Sóbrancelhas e Beryllos comenta obstáculos

Hoje quero abordar com vocês um assunto que levanta muitas reflexões. Sim, os desafios das mulheres empreendedoras. Muitos não imaginam o que nós, figuras femininas de liderança, enfrentamos diariamente, e até mesmo o que passamos para conquistar nossa credibilidade.

Sabemos que empreender já é algo desafiador, ainda mais para empreendedoras, que podem enfrentar problemas maiores por serem mulheres, como preconceito no meio empresarial. Afinal, ainda vivemos em um mundo que fecham muitas portas para nós, desconfiando e colocando em prova a proatividade e competências femininas.

Segundo o relatório Global Gender Gap 2018, em todo o mundo, as mulheres precisam de mais de 200 anos para conquistar o mesmo espaço que os homens no mundo empresarial. Só no Brasil, apenas 38% do sexo feminino ocupam cargos mais altos nas companhias.

Com esses dados que relatam a realidade preocupante que vivemos, não podemos nos abalar com esses grandes desafios. Confira os desafios que podem surgir na sua trajetória e se prepare para o que pode enfrentar e os minimize!

Julgamento desigual

Você que está começando agora, irá enfrentar esse julgamento, pois atualmente os homens ainda são considerados mais competentes nos negócios do que as mulheres, acreditam? Este preconceito pode tornar mais difícil sua jornada, porém encontre seu ambiente e desenvolva suas habilidades sem dar tanta importância para o que as outras pessoas poderão pensar e falar de você.

Medo de fracassar

Esse medo é sustentando pelas críticas e dúvidas das capacidades das empreendedoras. O que fazem pensar que não terão economias necessárias para tal investimento e acabam não acreditando no seu projeto, por exemplo. Mas confie na sua ideia e defenda o seu sonho, afinal o empreendedorismo não é fácil para ninguém.

Equilíbrio na vida profissional e familiar

Outra dor de cabeça que muitas mulheres enfrentam é o peso na consciência de não estar tão presente na vida pessoal e dos filhos. Porém lembre-se: esta responsabilidade tem que ser dividida com seu parceiro. Além disso, para alcançar os objetivos, temos que sacrificar alguns momentos pessoais, independente se é mulher ou homem. Para auxiliar neste ponto, é necessário um planejamento do seu tempo. Siga firme na sua jornada.

Falta de apoio

No mundo dos negócios, os homens possuem o destaque ainda, o que pode deixar você insegura. Mas não desista na primeira crítica que receber. Por isso, agarre a oportunidade de se liderar. Encontre apoio em outras mulheres para criar ainda mais incentivos no seu caminho. As mulheres precisam cada vez mais se unir para acabar com qualquer preconceito que ainda existe.

Sobre a Luzia Costa

Há mais de 15 anos no mercado de beleza e estética, Luzia Costa, 37 anos, casada e mãe de dois filhos, criou duas redes de franquias: Sóbrancelhas e Beryllos, ambas com técnicas exclusivas e inovadoras no segmento.

A empresária nasceu na cidade e Passa Quatro, no estado de Minas Gerais em 1980. Luzia é especialista em estética, massoterapia, imagem pessoal, em técnicas de sobrancelhas com destaque em micropigmentação e microblading.

Com sua história de garra e muito sucesso, Luzia coleciona prêmios de destaque no mercado, como Prêmio Grandes Mulheres, na Categoria de Médias Empresas, realizado pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Facebook; Destaque Empresarial 2018 & Revelação na área de Empreendedorismo Social; Prêmio Empresário do Ano Top of Quality Gold Internacional; Empresa Referência Nacional Melhores do Ano, pela Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação; Prêmio Quality Brasil; Prêmio Empresa Brasileira do ano 2015; entre outros.

Hoje com tanto êxito, Luzia além de estar à frente das duas redes de franquias, tira das lições e dificuldades para ter cada vez mais crescimento profissional, e compartilha sua experiência em eventos e palestras com os demais empresários, futuros empreendedores e outros públicos, para inspirar e engajar neste mercado tão concorrido. Passou por eventos como Festival de Cultura Empreendedora, realizado pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios, Acelera Franchising, Café com Empreendedoras, Feira do Empreendedor (Sebrae), Sebrae Itaquera, CIESP de Jacareí, CIESP de Taubaté, Mulheres 31, entre outros grandes e renomados eventos de empreendedorismo.

E por fim, Luzia Costa, agora em 2019 se tornou membro do Conselho Curador da Plan International Brasil, organização não governamental com mais de 80 anos de existência, valorizando e defendendo os direitos das crianças, adolescentes e jovens com o objetivo de reforçar a igualdade de gêneros.

Empreendedorismo Rosa
Ler matéria completa
Indicados para você