[ editar artigo]

Férias sem traumas

Viajar nas férias geralmente tem uma proposta mais inclinada para diversão, lazer, descanso, correto? Logo, a nossa ideia na hora de escolher um hotel para esse período se aplica diretamente a momentos de sonho “lagarteando” na beira da piscina com aquele drink refrescante na mão e um sol delicioso dourando nossa pele. Eis que, de repente, seu sonho é interrompido com um banho indesejado de respingos e aquela gritaria. Pronto, a realidade chegou. E agora? Vamos nos poupar disso tudo e tentar não ter o sonho tão bruscamente interrompido? Sim, é possível e pode estar diretamente influenciado pela escolha do “tipo” de hotel que você escolheu. Hotel COM lazer ou DE lazer? Vamos falar um pouquinho de cada um.

Fonte de Imagem: Google

Hotel de lazer
Geralmente são hotéis com uma estrutura totalmente voltada ao lazer e com muitas opções de entretenimento dentro do hotel. Desta forma, o hóspede se não desejar sair para nada, terá sempre algo para fazer durante o dia e a noite. As programações são sempre muito variadas, divididas por faixas de idade atendendo desde crianças até idosos. É muito comum nesse tipo de hospedagem encontrarmos as piscinas ‘loteadas’ por horário para cada atividade. Ou seja, ficar naquele sonho de sossego total pegando seu sol, lendo um livro ou tomando um drink na beira da piscina é praticamente impossível. Claro que ainda tem a programação nas quadras, nas salas de outras atividades, na academia e por aí vai. Até para conseguir hora livre no SPA às vezes é complicado, já que o povo estressado costuma lotar o local fugindo de tanta atividade.

Hotel com lazer
Aqui a coisa muda um pouco de figura. Sim, há lazer e algum entretenimento, mas não é o foco do local. As pessoas que estão mais interessadas em um ambiente menos tumultuado geralmente se encaixam melhor neste tipo de hospedagem. Pode até haver uma ou outra atividade agendada, mas de forma geral os espaços são mais independentes, deixando o hóspede decidir o que quer fazer sem ter que se encaixar em alguma atividade para não ter que ficar trancado no quarto ou fora do hotel. Pode até acontecer uma hidroginástica ou atividade rápida de relaxamento nas áreas externas, um happy hour para dar uma agitada em algum ambiente, uma exibição de cinema e só. Claro que pode acontecer de alguém mais ‘animadinho’ exagerar, mas aí já é outra história. Talvez aqui sim, seja possível colocar aquele chapéu cheio de estilo e relaxar na beira da piscina sem maiores problemas.

Agora é só escolher a opção que mais se encaixa com seu ideal de férias e curtir. Seja na ‘dancinha do coco’ ou no soninho ao sol, eu espero que suas férias sejam fantásticas.
Até a próxima!

Naira Amorelli é Profissional na área de Turismo, Marketing e Mídias Sociais, graduada em Gestão e Planejamento de Turismo e Agências de Viagens. É Gestora, Consultora, Agente de Viagens formada, Guia de Turismo, credenciada pelo Ministério do Turismo (MTUR),  e já atua na área de Turismo (em diversos setores) há mais de 15 anos. Dentro de sua trajetória profissional, também estão incluídas experiências como radialista e produtora de eventos turísticos. Já viveu grandes experiências como Guia de Turismo viajando por terras mais remotas no Brasil. Atualmente, além de produzir as matérias é responsável pelas áreas de Marketing e Novas Mídias do site Embarque na Viagem. Viajante profissional por paixão e por profissão, vive viajando pelo “mundão” que é uma de suas vocações.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você