[ editar artigo]

Intraempreendedorismo e (é) comunicação

O publicitário João Paulo Dias, o Jopa, é apaixonado por fazer comunicação. Bom de conversa, cheio de ideias, ligado em todas as novidades. Está sempre em uma busca de inovação. Dessa motivação nasceu a Jopa Comunicação, uma empresa que carrega em seu DNA as características e o jeito de fazer comunicação do seu fundador. Após uma longa trajetória profissional, que teve inicio como vendedor de roupas íntimas femininas, o gosto pelo exercício da persuasão e o interesse pelas relações interpessoais só cresceram ao longo dos anos.

Fonte da imagem: Jopa Comunicação

O intraempreendedorismo sempre fez parte de sua trajetória profissional. Após a conclusão da faculdade, atuou em diversas agências de propaganda, em Porto Alegre e São Paulo, desenvolvendo o perfil de observador, atento às novas ideias, dedicado no que desempenhava. Há alguns anos, os papéis se inverteram. Após fundar várias agências em Porto Alegre e contribuir efetivamente para o crescimento do mercado de comunicação local, Jopa abriu sua própria empresa: a Jopa Comunicação, formada por uma equipe feminina que atua de forma totalmente intraempreendedora. Assim, as profissionais que se tornaram muito mais que funcionárias, mas partes fundamentais da agência, exercem suas funções com profissionalismo, dedicação e comprometimento, como se fossem proprietárias do negócio.

A equipe feminina toca a agência de forma dinâmica, ousada e sempre buscando maneiras inovadoras e inteligentes para divulgar a marca dos clientes. Além de intraempreendedora, a equipe é multidisciplinar, com formações e vivências bem diferentes, o que garante a excelência em comunicação. “Buscamos novidades do mercado, ideias inovadoras e criativas, prevendo riscos futuros, para fugir do papel de uma agência de comunicação padrão”, explica Fabiana Mello, coordenadora de Produção.

A agência valoriza a simplicidade como forma de gerar retorno significativo para o cliente. E, para isso, é importante que todos tenham responsabilidade, capacidade de tomar decisões e proatividade. “A atitude é tão importante que faz parte da nossa filosofia de trabalho”, explica Daniele Pandolfo, coordenadora de Atendimento.

A cor magenta do logo simboliza, não só o lado feminino e o valor das mulheres no ambiente de trabalho, mas também é umas das quatro cores primárias das artes gráficas, base para o trabalho publicitário. Além disso, transmite aquilo que a equipe e as meninas da Jopa Comunicação levam para os clientes: sutileza, energia e a naturalidade. “A Jopa Comunicação é feita da simplicidade e da autenticidade de todos que se dedicam para a empresa crescer. Nosso time de profissionais é qualificado e possui uma capacidade diferenciada de analisar cenários, criar ideias, inovar e buscar novas oportunidades para a agência. Isso porque são, essencialmente, intraempreendedoras”, garante Jopa.

O intraempreendedorismo é a receita de sucesso para as empresas e para os profissionais que querem se destacar no mercado. A equipe da Jopa Comunicação mostra que a fórmula é simples: dedicação, trabalho e troca de ideias.

Siga o exemplo das meninas da Jopa: que tal tratar o emprego como se fosse o próprio negócio? É a melhor maneira de crescer profissionalmente.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você