[ editar artigo]

Licença Maternidade = Desmame Precoce

É assim que funciona no mundo real e coorporativo do Brasil: a Licença Maternidade remunerada de 6 meses (24 semanas) ainda é facultativa para as empresas públicas e privadas. Neste link do Baby Center tem algumas informações sobre quais são seus atuais direitos.

Fonte da imagem: Maternarum

No Brasil, o Ministério da Saúde defende que a amamentação seja exclusiva até, no mínimo, 6 meses de idade da criança, mas pergunto como isso é possível se ainda existem formas de não cumprir as exigencias quanto ao periodo de licença maternidade?

No mundo (fiquei pasma ao ver os dados), os Estados Unidos e a Austrália não remuneram as mães quando saem de licença, mas em países como Alemanha, Suécia, Noruega e Finlândia, a Licença Maternidade remunerada é de quase 1 ano (32 a 47 semanas) e a não remunerada pode chegar a 3 anos. Além disso, o pai pode tirar a licença no lugar da mãe ou dividir com ela. Não parece ótimo?

Pois é essa a realidade que queremos no Brasil! E o movimento do Empreendedorismo Materno exige isso. Muitas mães começaram novos negócios para fugir da licença maternidade e evitar a introdução precoce de alimentos, inclusive muitas crianças começam a se interessar de fato pela comida quando estão com 8 ou 10 meses de idade (o caso de meu filho), como seria a vida dessas mães se tivessem qua obrigar os filhos a comer e confiar em outra pessoa para cuidar dos pequenos?

Você já pensou nisso? Você tem uma empresa? Apoie o aumento da licença maternidade, dissemine essa ideia e torne nossa convivência em comunidade mais humanista e solidária.

Eu apoio o Empreendedorismo Materno!

Fonte: maternarum.com.br

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você