[ editar artigo]

Marcas empreendedoras que mudaram ao longo do tempo

Marcas empreendedoras que mudaram ao longo do tempo

Muitas marcas mudaram ao longo do tempo e você deve estar se perguntando: O que meu negócio tem a ver com isso?

Quem ainda não compreendeu que grandes mudanças culturais não estão mais por vir, mas sim já aconteceram ou estão acontecendo bem debaixo de nossos olhos, precisa parar e analisar a realidade com atenção.

A geração atual está aí vivendo e fazendo história, é a primeira a viver esse tempo acelerado, um tempo tão depressa e tão dinâmico que nunca ninguém sobre a Terra viveu antes.

Se as empresas e organizações em geral são feitas deste mesmo “material” que os tempos que vivenciamos, ou seja, pessoas, o que esperar senão dinamismo, mudanças constantes e aceleração para acompanhar a velocidade com que o mundo trabalha?

Ao longo da história observamos muitas instituições que mudaram e precisaram rever seus conceitos e posicionamentos para se sustentar no mercado. Por consequência de uma mudança de postura e objetivos, é comum percebermos alterações na identidade visual e na forma como se apresentam ao público. Veja a seguir três exemplos disso:

Sorvetes Kibon:

Posto de Gasolina Shell:

Fraldas descartáveis Pampers:

Refrigerante Pepsi:

O que será que impulsionou tais empresas a mudarem suas logos e, pressuposta ou consequentemente, seus posicionamentos no mercado? Será que é possível manter um negócio de sucesso sem mudar de direção, de estratégia, de mercado alvo, de forma como se oferece os produtos e serviços? Tanto a teoria quanto a realidade nos mostram que não. Os conceitos sobre inovação e gestão de mudanças estão aí para nos mostrar e apoiar nisto. São temas amplos que requerem nossa atenção e conhecimento enquanto empreendedoras.

E você? Já parou para pensar se o seu negócio ou a sua vida estão precisando de mudanças? Já analisou se a imagem que você transmite, seja a pessoal ou profissional, está de acordo com as metas que você deseja alcançar?

Caso você não esteja fazendo essa reflexão, fica aqui nosso convite. É saudável e necessário que esse questionamento apareça em diversos momentos de nossas experiências. Podemos e devemos dar atenção a isso e observar em outras pessoas e negócios como isso acontece para enriquecer nossa percepção.

Um abraço e até a próxima!

Por Babi Stainsack

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você