[ editar artigo]

Exemplo ou modelo?

Nunca gostei de ser exemplo de nada, então veio esta pergunta: se não sou exemplo, então sou modelo? Vou explicar.

Exemplo pra mim lembra fórmula matemática: siga este exemplo. Simples, a gente copia a fórmula, faz o cálculo e no final tudo dá certo. Mas eu sempre acreditei, que nós mulheres, poderíamos ser mais. Exemplo, cópia, fórmula pronta, receita de bolo, não combina com as mulheres empreendedoras, queremos mais! Queremos inspirar pessoas ao nosso redor com nossa história de superação, vitória, luta e a vontade louca de fazer acontecer, mudar.

Márcia Ribeiro e sua equipe no Centro Odontológico da Tijuca

Mesmo errando não desanimamos. Ninguém é perfeito. Errar faz parte, assim como conseguir consertar nossos erros e evoluir através deles.

Pode parece arrogante da minha parte, mas sempre quis ser MODELO, e acredito que sou.

As fábricas de carro primeiro fazem um protótipo, um modelo para os carros seguintes; as costureiras estudam uma tendência e confeccionam um modelo de roupa que servirá como base para as outras peças; o artista primeiro faz o esboço para depois fazer a obra final. Pois bem, com as mulheres empreendedoras não é diferente não seguimos regras, seguimos nossa intuição nosso poder de transformação para sermos um modelo de mulher. Mesmo quando não atingimos o ideal não desistimos dele.

Prefiro seguir meu caminho com alguém a seguir o caminho deste alguém. Quando estou numa igreja prefiro tirar minhas conclusões do sermão realizado do que ouvir a explicação do padre. Com todo respeito ao padre, sigo minha intuição.

Ser mulher modelo me inspira a melhorar sempre, pois sei que preciso me reinventar todos os dias.

Quando falamos de beleza, muitas mulheres citam a modelo Gisele Bündchen, linda, radiante, com um sorriso maravilhoso. Não queremos ser ela, mas talvez ser tão bela quanto. Quando nos lembramos de Madre Tereza de Calcutá, não queremos ser ela, mas desejamos seguir o modelo de bondade e fraternidade.

Ser uma mulher empreendedora nos deixa com esta responsabilidade de sermos MODELO de mulher.

Um beijinho para as modelos rosa!

Márcia Ribeiro é diretora do Centro Odontológico da Tijuca, graduada em odontologia, especializada em odontopediatria e odontologia do trabalho. Voluntária na ONG Turma do Bem, participa do projeto Dentista do Bem como coordenadora regional (RJ). É autora de diversos artigos sobre saúde bucal, publicados em revistas, jornais e sites. Foi palestrante no TEDx Vila Madá com o tema “Nossos Propósitos: compartilhando caminhos e conquistas”. Participou de diversos congressos e cursos na área odontológica, além de buscar aperfeiçoamento na área administrativa nos cursos de Gestão em Saúde pela Escola do Pensamento, Marketing em Saúde pelo Grupo Caproni e Empreendedorismo pelo SEBRAE.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você