[ editar artigo]

Nossa aparência e imagem de marca

“Consciente ou inconscientemente fazemos escolhas, e consciente ou inconscientemente as pessoas nos interpretam através dessas escolhas.” O que os outros veem de você é a mesma coisa que você vê? Nem sempre o que você percebe sobre você mesmo ou sobre os outros é a verdade. Como você enxerga a sua imagem pessoal hoje? Será que o outro enxerga, em você, a mesma coisa que você enxerga? E será que o que você enxerga em outra pessoa é o mesmo que ela enxerga sobre si mesma?

Fonte da imagem: marcelopedra.com.ar

Partindo do princípio que imagem é o conceito resultante de um conjunto de experiências que uma pessoa apresenta em relação a um produto, a uma pessoa ou uma empresa e que, através da imagem, estabelecemos a nossa representação visual (ou seja, valores, comportamentos, competências que formam um conjunto de símbolos que são transmitidos por meio da aparência), podemos concluir que a imagem pessoal é um conjunto de características que você comunica de si ao mundo, através da sua personalidade, suas crenças, valores, desejos e emoções.

Já a aparência é o aspecto ou aquilo que se mostra superficialmente ou à primeira vista. E tratando-se de imagem, tudo conta! Sua forma de se relacionar com as pessoas, seu tom de voz, seus maneirismos, seu gestual, sua maneira de responder os e-mails e correspondências, a forma como atende ao telefone, a maneira como trata as pessoas, sua forma de se apresentar em público, sua postura e seu caminhar, seu estilo pessoal, suas roupas e acessórios, as cores que melhor o representam, os tecidos e as texturas, seu perfume e seu corte de cabelo.

Em suma, sua imagem de marca é o que você fala, o que você veste, seu modo de olhar, cumprimentar as pessoas, seu modo de andar, é o que você escreve e posta nos perfis sociais. E quando falamos em imagem de marca, não e só o visual que precisa ser harmônico e coerente, é o conjunto todo que deve indicar uma única direção. Por isso, cada movimento tem que ser harmônico com o seu significado e seus valores de marca.

Seus valores de marca devem determinar o tipo, a qualidade e a intensidade da exposição da sua marca. Os lugares ideais para frequentar, os tipos de eventos que tem sinergia com seus valores e com sua marca, as pessoas associadas a sua imagem – sua rede de relações, o visual do seu escritório, a decoração e a organização da sua mesa de trabalho, a pasta que você carrega todos os dias, o tipo e aparência do seu computador, o jornal e revista que você lê e que ficam na sua mesa do escritório, o visual da sua recepção e até a marca, o modelo e a cor do carro que melhor se encaixam na sua proposta.

Difícil! Concordo com você! Realmente fazer a gestão da nossa imagem de marca não é fácil, contudo é possível. Se você tiver paciência, disciplina, perseverança, autoestima e determinação, o caminho do sucesso lhe aguarda!

Lorena Gurjão é proprietária da empresa Lorena Gurjão – coaching de imagem, com formação em personal e professional coach. Membro do ICF ( International Coaching Federation), membro da SBC (Sociedade Brasileira de Coaching), com  certificação internacional em coaching  pelo BCI – Behavioral Coaching institute e pelo ICC  – International coaching Council; especializada em coaching de imagem pela France image coaching e em imagem executiva e corporativa com Ilana Berenholc. Embaixadora no Brasil do projeto beleza responsável, que visa combater o  conceito irreal da beleza perfeita.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você