[ editar artigo]

Nossos Direitos

Por Amanda Soldani

Você sabia que até 1962, no Brasil, a mulher casada foi considerada relativamente incapaz, não podia abrir conta, ter acesso a crediário ou até viajar para o exterior sem a permissão do marido? Felizmente isso mudou. E nossas conquistas até agora foram por causa de mulheres empreendedoras que conseguiram mobilizar a sociedade e lutar por nossos direitos.

Atualmente, uma questão central tem sido o direito dos nossos corpos. A pesquisa do IPEA surpreendeu  demonstrando que 65,1%  (depois corrigido para 26%) concordam inteiramente ou parcialmente com a frase "Mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas". Foram 3.810 pessoas entrevistadas, das quais 66,5% são do sexo feminino.

Fonte: Google

Diante dessa situação, as mulheres começaram a se expressar e se abrir. Inúmeras histórias mostram quantas vezes somos - e nos sentimos - violentadas, intimidadas e com medo. Quantas vezes achamos que poderíamos ter evitado, pensando no eu, e não pensando na sociedade em que vivemos. Mas a parte que acredita que estupro é culpa do estuprador, já começou a se mobilizar e que seja apenas o começo.

Mulheres empreendedoras, esse é mais um chamado para lutarmos por nossos direitos. Mostrarmos que as conquistas que tivemos até agora não são suficientes para uma sociedade igualitária – queremos mais e vamos lutar por mais. Este é meu convite para sermos referência não apenas no empreendedorismo, mas na história. Pela liberdade, pela igualdade de direitos, por voz política, pelo fim da violência, pela autonomia sobre nossos corpos e pelo fim do machismo (1): uni-vos!

“A questão não é quem vai me deixar, é quem vai me impedir” (Ayn Rand)

---------------------------
(1) Autor desconhecido.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você