[ editar artigo]

O fantasma da inadimplência

Por Elaine Mello

Fantasma na vida de muitos brasileiros, a inadimplência é a ausência da capacidade de pagamento das obrigações financeiras dentro do prazo estabelecido, o que pode incorrer no risco de ter o nome no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Consumidor). É um indicador que reflete somente a ponta do iceberg de problemas maiores na economia...

Inúmeros fatores podem ser a CAUSA do problema consumidor não paga suas contas comércio não repõe estoques fornecedor/distribuidor não tem demanda indústria reduz produção comércio e indústria ficam inadimplentes também funcionários ociosos ficam na mira do desemprego Inúmeros fatores como CONSEQUÊNCIA do problema sociedade sente todas as consequências. E a roda gira novamente!

Fonte da Imagem: Devaun via Compfight cc

Veja que o problema individual com dívidas nunca para somente nele. O dinheiro circula e cria fluxo; qualquer obstrução desencadeia uma série de outras complicações. Sendo assim, temos uma reflexão a fazer: se tivermos educação financeira pessoal, e imaginando o efeito dela na população como um todo, certamente minimizaríamos os reflexos negativos na cadeia econômica.

Fazendo reservas financeiras na família, economizando nos supérfluos para consumir melhor, aprendendo a negociar bem, guardando dinheiro primeiro para comprar depois e eliminando o vício do crédito haverá menos exposição a riscos e também mais preparo para emergências como, por exemplo, no caso de desemprego.

Os dados de JUN/2014 da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), apontam que:

- 62,5% das famílias relataram ter dívidas com cheque pré-datado, cartão de crédito (apontado por 76,1% das famílias como principal dívida), cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro;

- 6,6% das famílias declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes;

- 24,4% das famílias estão comprometidas com dívidas até três meses, e 31,5% por mais de um ano;

- 49,0% das famílias estão com comprometimento de 11% a 50% da renda

Em resumo, a questão fundamental é a falta de planejamento das finanças pessoais. Revise sua vida financeira e espante esse fantasma!

SUCE$$O !!

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você