[ editar artigo]

O que fazer na conexão entre voos?

Por Naira Amorelli

Uma das maiores reclamações que costumamos ouvir entre amigos que viajam muito é justamente sobre o que fazer no tempo ocioso entre as conexões. Sabemos que a maior parte delas se justifica, mas existem algumas que não fazem o menor sentido. Pensando nisso, aqui vão algumas dicas para ajudar a passar o tempo de uma forma mais útil, produtiva ou divertida.

Na verdade as conexões podem ser um bom complemento da viagem. Aliás, há aeroportos em que o número de viajantes em trânsito é superior ao de pessoas que desembarcam neles. Muitos desses locais investem em Duty Free Shops e demais opções de entretenimento para que os passageiros preencham o tempo entre os voos. Assim é possível gerenciar seu tempo de viagem, e fazer umas boas comprinhas, já que nestas lojas, os produtos importados são isentos de impostos, portanto, podem ser mais baratos que em outros locais. No entanto, como estará em conexão, atenção ao volume já que os viajantes devem comprar apenas itens que possam levar na mão.

Antes de embarcar, pesquise as atividades do aeroporto. Em Dubai, por exemplo, o viajante encontra lojas de luxo. Já em Cingapura tem até uma piscina, além de restaurantes e outros tipos de entretenimento. Em vários aeroportos existem inúmeras opções de lazer. Por isso é importante verificar seu tempo de conexão e onde será. Após isso, sabendo o tempo que terá disponível, você poderá fazer uma nova escolha de voo ou prolongar sua estadia na cidade de parada.

Fonte: Google

Se optar por dar uma passeada na cidade aproveitando o longo intervalo entre os voos, nos aeroportos maiores existem algumas boas opções de passeios rápidos no entorno oferecidos por agências especializadas e companhias de táxi credenciadas. Só tenha muita atenção ao tempo do passeio para não perigar perder o voo.

Atenção para alguns detalhes importantes:

Se o destino de conexão exigir visto de permanência para brasileiros? Você sabia que mesmo quem estiver apenas em conexão sem sair do aeroporto deverá ter a licença emitida? São duas opções de visto: de trânsito ou de turista. Para tirá-los o processo é bem similar, mas na maioria das vezes, o visto de trânsito é concedido com mais facilidade. Esse pode ser usado por quem permanecerá até três ou quatro dias dependendo do país. Entre os lugares que aceitam esse documento estão Estados Unidos e Emirados Árabes. Já o de turista, permite ao viajante liberdade de escolha, pois poderá sair do aeroporto e transitar livremente pela cidade. Só não se esqueça de levar seus documentos, caso deixe a bagagem no locker do aeroporto e saia para passear na cidade.

O mesmo em relação ao passaporte aplica-se para as vacinas. Se o país em que será feita a conexão exigir alguma vacina específica, será necessária a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação. Este documento somente é emitido nos aeroportos, portos e fronteiras da ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Agora, já que não há muito mais o que fazer além do já tradicional trio lanche/livro/internet é relaxar na medida do possível e aproveitar. Boa viagem!

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você