[ editar artigo]

Ômega-3 e gerenciamento do peso: como a substância pode auxiliar na redução de medidas

Ômega-3 e gerenciamento do peso: como a substância pode auxiliar na redução de medidas

Uma alimentação adequada associada à prática de atividade física continua sendo a combinação essencial para o gerenciamento saudável do peso. No entanto, muitos nutrientes funcionais, presentes em alimentos e suplementos, podem ajudar àqueles que buscam reduzir medidas de forma saudável.
 
É o caso do ômega-3, que, além de prevenir doenças, também auxilia na perda de peso. Ele ajuda a reduzir processos inflamatórios do organismo, o que desempenha um papel importante contra a obesidade e a doença metabólica, além de regular o metabolismo e equilibrar os níveis de leptina, favorecendo ainda mais o controle do apetite.
 
Isso acontece pelo fato do ômega-3 ser um ácido graxo poli-insaturado (PUFA). Alguns estudos apontam que o consumo em torno de 1,8g/dia de PUFAs é capaz de aumentar a oxidação de gordura corporal, reduzindo a adiposidade.
 
Onde encontrar o ômega-3
 
Peixes como o salmão, cavalas, trutas e sardinhas são excelentes fontes de ômega-3. Além disso, o nutriente pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal, como linhaça triturada, óleo de linhaça e chia.
 
Para quem busca praticidade no dia a dia, a melhor opção é consumir suplementos. O ideal é optar por produtos com alta concentração de EPA e DHA que possam suprir o mínimo da concentração diária recomendada para sua saúde.
 
Outra questão importante é a escolha de cápsulas que facilitem o uso e a deglutição.
 
OmegaPURE e OmegaPURE DHA, da Biobalance, são os suplementos com a maior concentração e alta pureza de ácidos graxos ômega-3 já registrados no Brasil. Além do teor superior a 90%, a linha OmegaPURE apresenta zero colesterol, zero gorduras saturadas e zero gorduras monoinsaturadas. A tecnologia gastrorresistente, aplicada à menor cápsula do mercado, assegura um maior conforto gástrico, porque impede refluxo com odor de peixe – uma queixa comum de quem consome ômega 3 em cápsulas convencionais. As cápsulas de tamanho reduzido são de fácil ingestão, permitindo seu consumo de forma confortável também por crianças e idosos.
 
Portanto, considerando um contexto de vida equilibrado, a suplementação com óleo de peixe pode contribuir para melhorar a composição corporal, exercendo impactos também sobre o perfil lipídico. Importante ressaltar que sua suplementação deve ser recomendada de forma individualizada e por profissionais especializados.
 
*Fonte: Renato Leça, Professor de Oftalmologia e Coordenador das Disciplinas de Medicina Integrativa e de Nutrologia com Prática Ortomolecular da Faculdade de Medicina do ABC.
CRM-SP 58.672

Empreendedorismo Rosa
Ler matéria completa
Indicados para você