[ editar artigo]

Funcionária vira dona de 11 unidades de franquia e fatura cerca de R$ 5 milhões

Funcionária vira dona de 11 unidades de franquia e fatura cerca de R$ 5 milhões

Em 2013, nascia a rede de franquias Sóbrancelhas com sua unidade piloto na cidade de Taubaté (SP). Luzia Costa, fundadora da marca, acreditava no sucesso do seu negócio que atualmente possui mais de 180 unidades pelo Brasil, Argentina e Bolívia, mas não imaginava que sua primeira funcionária, Marly Rodrigues, se tornaria dona de 11 unidades, ao lado de seu marido Anderson Mota.

A vida do empreendedor não é fácil, precisando de muita determinação e coragem comparada com a vida profissional de um funcionário, mas o casal Marly e Anderson resolveu encarar os desafios do mercado de franchising e hoje faturam cerca de R$ 5 milhões por ano.

Marly era consultora de beleza da Sóbrancelhas, realizava serviços de design de sobrancelhas, epilação, entre outras técnicas. Já o Anderson, tinha um cargo na área administrativa de uma multinacional.

No dia a dia da loja a empreendedora aprendeu muito além dos procedimentos estéticos, mas também aprendeu a administrar, a gerir um negócio, a necessidade de ter uma equipe bem treinada e o mais importante, via de perto o sucesso da marca, o que atraiu a vontade de ter seu negócio próprio.

Após muitas pesquisas e estudos, o casal resolveu investir em uma unidade Sóbrancelhas com suas economias e com a rescisão do Anderson. A primeira loja inaugurou em 2014 na cidade de Jacareí. “Vimos que podíamos mudar de vida. Quem não nasceu em berço de ouro, sabe que investir o que tem pode ser arriscado, mas vimos que era nossa chance de prosperar a frente de algo nosso”, afirma Marly.

Para evitar gastos e erros no início da operação, a consultora de beleza realizava os serviços da unidade, que nos cinco primeiros meses já recuperou o valor investido. E com os lucros futuros, investiram na expansão de mais lojas.

Hoje, o casal possui 11 unidades espalhadas pelo interior de São Paulo, uma na capital paulista e em Goiânia (GO). Marly é responsável pela gestão operacional das unidades, e Anderson cuida da área financeira e expansão.

Com operações faturando de R$ 350 mil a 700 mil, o casal empreendedor pretende investir em mais unidades Sóbrancelhas futuramente, e até o final de 2019 alcançar um faturamento de R$ 8 milhões.

“O segredo de tanto sucesso? É a dedicação 100% para o negócio prosperar com uma boa gestão, investimento em treinamentos constantes e manter a excelência na qualidade dos serviços prestados”, completam.

Empreendedorismo Rosa
Ler matéria completa
Indicados para você