[ editar artigo]

Seleção Brasileira Feminina de Futebol na Copa do Mundo 2019

Seleção Brasileira Feminina de Futebol na Copa do Mundo 2019

Você sabia que a prática de esportes por mulheres chegou a ser proibida no Brasil? Sim, (artigo 54 Decreto-Lei nº 3.199/41), na era Getúlio Vargas. "Às mulheres não se permitirá a prática de desportos incompatíveis com as condições de sua natureza, devendo, para este efeito, o Conselho Nacional de Desportos (CND) baixar as necessárias instruções às entidades desportivas do país."

A derrubada da lei só veio em 1980 e o esporte feminino sofre as consequências disso até hoje. A maioria dos esportes de contato segue como espaço predominantemente masculino, mulheres atletas são menos valorizadas e as competições femininas têm menos visibilidade.

Dito isto, a história repercute nos baixos salários e poucos incentivos dedicados às atletas mulheres, ou você acredita que elas recebem salários iguais aos jogadores homens?

Não cara leitora, nenhuma das jogadoras possuem contratos milionários com os clubes, não chegam nem perto...

Um levantamento divulgado pela Catho em 2017 mostra que as mulheres ganham menos que os homens em todos os cargos. Artistas e atletas, mesmo com destaque em suas profissões, firmando-se como as melhores do mundo em seus ramos, elas também são deixadas para trás na questão financeira.

Vejamos:

Marta:

Em setembro de 2018, Marta foi eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez. Em cerimônia da Fifa, ela conquistou o recorde que representa um marco tanto entre mulheres como entre homens. Em 2016, a divulgação do salário dela - de R$ 1,3 milhão por ano - causou bastante polêmica, em especial ao ser comparado ao de outro brasileiro, Neymar. Depois da contratação do craque pelo Paris Saint-Germain, em 2018, por R$ 812 milhões na época com uma negociação que incluía rendimentos anuais de cerca de R$ 140,55 milhões, o Sporting Intelligence divulgou um comparativo mostrando que o salário pago ao atacante equivale a 1.693 jogadoras do futebol feminino.

Esclarecido isto, justifica-se mais ainda nosso trabalho pela equidade de gênero, afim de promover os pilares sociais e econômicos para que não haja diferenças baseadas exclusivamente no sexo da pessoa.

 E vamos lá, time, Brasilllllllll! A copa do mundo feminina começa dia 07/06 na França e a seleção brasileira estréia dia 9/06 às 10:30h, contra a seleção da Jamaica.

Foto: Divulgação oficial CBF

Empreendedorismo Rosa
Andressa Ramos dos Santos
Andressa Ramos dos Santos Seguir

Advogada, construtora de caminhos e soluções no ecossistema empreendedor.

Ler matéria completa
Indicados para você