[ editar artigo]

Ser criativo pode ser uma questão de equilíbrio

Por Vanessa Riva

Posso dizer que tenho muita sorte em trabalhar com design, pois tenho a chance de trabalhar com criatividade todos os dias. Ela é minha amiga e, às vezes, minha inimiga também, porque é difícil domá-la. Fazendo um comparativo prático, é “mais gato do que cachorro”, porque ela não vem quando a gente chama, mas sim quando quer aparecer.

Acredito que podemos e devemos nutrir as ideias e fazê-las transcenderem o discurso, para resolver problemas e virar ações e soluções úteis para os nossos clientes. Criatividade é pensar em coisas novas. Criatividade = Ideias.

Fonte da Imagem: Estúdio Trevisart

Por isso estimulo minha equipe a trabalhar a criatividade. Em alguns projetos defino a linha de criação junto com eles, mas em outros deixo-os livres para criarem, somos eternos iniciantes, pois cada novo cliente traz um novo desafio.

Outro fator importante é o bom humor, li uma vez que pessoas que se descrevem bem-humoradas tendem a perceber mais possibilidades do que as infelizes, e também aproveitam melhor as oportunidades, pois são mais curiosas. Temos os momentos de risadas diárias, uma piadinha ou um vídeo engraçado são sempre bem-vindos na agência, e não é que ajuda mesmo! Para driblar a rotina criamos um grupo fechado onde postamos de tudo, na maioria das vezes coisas divertidas, nunca falamos de trabalho, lá é um canal para diversão.

Uma coisa que tenho observado, são as particularidades de cada pessoa, e chego a conclusão que cada pessoa tem uma linha de criatividade muito diferente. Com o tempo descobri que cada um na equipe é mais criativo em determinada área, então sempre distribuo as tarefas para cada um de maneira que possam criar nas suas áreas. Tornar-se um especialista em algo também facilita a criatividade.

Mas posso concluir que, para mim, a criatividade vem em longas conversas com os clientes, entendendo a real necessidade deles e trabalhando em cada ponto da forma mais criativa que posso, às vezes até piro, mas aí vem o ‘advogado do diabo’ e me questiono se aquele é o caminho mais correto. Criatividade é ótimo mas tem que ter lógica, então sempre falo que as melhores ideias são as mais malucas, desde que analisadas lado a lado com as mais conservadoras, ser criativo pode ser uma questão de equilíbrio.

Portanto, CRIE!

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você