[ editar artigo]

Viagem compartilhada

Por Naira Amorelli

Hoje vamos falar um pouco sobre viagem e tecnologia. Até que ponto uma ajuda a outra?

Viajar é sempre um momento planejado, esperado, idealizado e atualmente compartilhado. Não necessariamente compartilhado no sentido de estar fisicamente com alguém, mas de dividir a todo momento os acontecimentos nas redes sociais. A questão principal aqui é: isso é interessante até que ponto?

Muitas pessoas passam meses buscando informações na internet em sites e blogs de referência na intenção de errar o mínimo possível no seu planejamento e consequentemente, fazer "aquela" viagem. A questão é que muitas ficam tão dependentes da tecnologia que acabam se prendendo além do necessário. Uns seguem a risca informações colhidas, outros penam para conseguir aquela dica com alguém especial e a viagem acaba perdendo o tom natural e gostoso, a leveza de viajar se torna algo muito preso a fundamentos e experiências alheias e ainda temos o agravante que é a necessidade que muitos tem de compartilhar absolutamente tudo nas redes sociais.

Fonte da imagem: Corbis


Já me deparei com pessoas altamente irritadas porque não havia wifi em determinado ponto turístico para poder fazer check-in e  postar a foto que acabou de tirar, ou, que deixa de observar a beleza de determinados momentos para ficar ali escrevendo toda hora o que está fazendo.

Certa vez estive com uma amiga em uma praia do litoral e estava rolando um pôr do sol incrível. Quando o espetáculo da natureza se encerrou eu comentei com esta amiga que aquele seria um momento que talvez nunca mais esqueceria na vida e ela virou-se para mim e questionou o que havia  acontecido de tão interessante naquele pôr do sol que ela não viu, já que estava aproveitando o "bom sinal" da internet para postar umas fotos e contar para os amigos o que estava fazendo.

A questão é que na ânsia de fazer a viagem perfeita baseada na viagem dos outros e mostrar para todo mundo esta questionável perfeição, a viagem acaba perdendo um pouco da magia e da naturalidade. Minha dica é simples: use seu celular para tirar fotos lindas durante a viagem e de vez em quando, no quarto do hotel acesse as redes sociais, deixe para contar como foi tudo quando voltar. Nada é mais gostoso do que aproveitar sua viagem ao máximo e vivenciar momentos únicos que só você terá.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você