[ editar artigo]

Viagem empreendedora: Dicas do que não fazer

Por Naira Amorelli

Atenção ao viajar para outros países!

Conhecer a cultura do país de destino evita que você cometa gafes e, principalmente, possíveis problemas. Cada país tem suas peculiaridades e informar-se e respeitar estes costumes locais é a melhor maneira de evitar situações constrangedoras durante a viagem.

Vou citar alguns exemplos relacionados a gastronomia para explicar um pouco do que estou falando:

Na Europa é um hábito muito comum dividir a mesa com estranhos e isso vem se espalhando para outros continentes também. Não se espante.

Se você palitar os dentes após as refeições na Itália significa que gostou da comida. Mas se fizer isso na França e em tantos outros países é um ato de extrema grosseria.

Fonte da imagem: Wikipedia

Na Bélgica, é comum comer com o garfo na mão esquerda, mesmo quem não é canhoto, mas em países árabes isso é impensável, a mão esquerda é considerada impura já que é destinada a higiene pessoal. Então, você já sabe, nada de entregar documentos, trocar cartões de visita ou fazer pagamentos com a mão esquerda.

Jamais recuse um cálice de vodka na Rússia, ou qualquer outro tipo de bebida na Irlanda. Isso é considerado um gesto rude e com certeza você será alvo de olhares fulminantes.

Na China, olhe que estranho, assoar nariz na rua ou cuspir são sinais de higiene, isso significa que você está tirando algo sujo de dentro do corpo. Porém, se deixar de beber tudo que está dentro do cálice em um brinde, estará cometendo uma grave ofensa.

Não se assuste ao presenciar indianos e marroquinos comendo com as mãos. Este ainda é um hábito muito comum entre eles assim como na África e na Índia a vaca é considerada um animal sagrado. Não é raro encontrar uma delas deitadas no meio da rua e em função disso, todo o trânsito que já é caótico, ser desviado. Portanto, nada de pedir aquele belo bife fritinho e crocante de carne bovina para não ter problemas sérios, ok?

Em Portugal, é quase que um crime pedir por sal e pimenta se eles não estiverem na mesa.

Já os japoneses aceitam até que você coma macarrão o sugando e fazendo ruídos, mas experimente repousar no prato o "hashi" na posição vertical. Isso é altamente contraindicado, pois é assim que o arroz é oferecido aos mortos, como em quase toda a Ásia.

No México, uma boa pedida é gritar a expressão "provecho", que significa "bom apetite", "aproveite", para qualquer pessoa que chame sua atenção.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler matéria completa
Indicados para você